Rittual Trance Dance

Recentemente completei uma formação em Ritual Trance Dance com Wilbert Alix. Foi uma daquelas coisas que escolhemos para fazer em nossas vidas sem realmente entender o porquê.  Estava tão atraída por esta formação que sabia que a tinha de realizar mesmo sem ter qualquer razão lógica para o fazer.

Tendo feito a formação, agora  entendo muito melhor por que  estava atraído por ela. Ritual Trance Dance está muito em linha com o contexto que estamos a viver no Avidanja. Nele há uma imensa profundidade e sinceridade sendo uma ferramenta muito poderosa para a evolução da consciência.

 O que é que me aconteceu?  Sinto que fiquei tão abalada que comecei a perder a linearidade na minha vida. Por linearidade, entendo ser a estrutura como eu organizei a minha vida, como eu acredito que as coisas têm que ser feitas, a forma como eu controlo as coisas de modo a que aconteçam de certa maneira para que eu possa lidar com elas e também como eu controlo o ambiente à minha volta. Duranta a formação  senti-me desafiada de tal forma que  tinha apenas duas opções: fugir ou render-se completamente. Como estou dedicada há muito tempo a um caminho espiritual e sou uma participante ativa do Projeto Vida Desperta, eu sabia que a rendição era a única opção, porque o caminho espiritual aponta para a rendição e nada mais

 

Descobri que não tinha que me render a qualquer pessoa ou que precisava de confiar especificamente no professor, mas que a rendição aponta para uma disposição de largar o controlo e o “Eu” pequeno; que a rendição vai no sentido da confiança que apenas posso encontrar em mim mesma. É sobre como me tornar una com o fluxo da vida, porque o eu estruturado já não está no caminho. É como chegar à fonte, ser forte e enraizada como uma árvore e livre como um pássaro. Sem medo.

Sem a minha dedicação com a meditação, a formação contínua de ver através do condicionamento humano no grupo das mulheres e a prática diária no Avidanja de enfrentar movimentos egoicos e ser digna de verdade, eu não teria sido capaz de ir tão fundo. A evolução da consciência surgiu. Estruturas quebraram, ganhei uma nova orientação e estou mais aberta ao que a vida tem para me oferecer. Estou disposta a responder de uma forma genuína, sem a necessidade de saber o resultado. Eu entendo que o que fazemos ao nível material já não tem tanta importância. Eu posso percecionar o mundo com todos os meus sentidos e o meu senso de responsabilidade aumenta porque as ligações tornam-se ainda mais reais.

 

Entendo que as estruturas, condicionamentos e tudo o que nos impede da verdadeira felicidade também está escrito no corpo. Em cada célula. Com a prática continuada, este tipo de Ritual Trance Dance é capaz de alcançar esses bloqueios e por isso provoca uma cura profunda, rejuvenescimento e transformação.

 Antes de participar na formação eu já me sentia muito feliz sabendo que não precisava de me identificar com todas as ideias que querem fazer infeliz. Eu tinha evoluído para uma forte ligação com o meu eu verdadeiro. Agora eu ganhei uma nova experiência que me levou mais fundo, que me permite chegar a outros aspetos do meu ser e eu me sinto mais rica e mais sábia.

 

Eu estou muito feliz

Estou ansiosa para partilhar isto com você de diferentes maneiras:

Contínuos Rituais Trance Dance mensais   aqui no Avidanja

e também nos dois Retiros Trance Dance e Detox nesse ano que serão anunciados brevemente.

 Espero encontrá-lo numa dessas oportunidades.

Amor, Amor, Amor Jutta       TD-snake-white-2015-325

Esta entrada foi publicada em Sem categorias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s